"

My Photo
Name:
Location: Portugal

22 December, 2007

Shubh Naya Baras com Kareena Kapoor!


Eis que vos deixamos no fim deste texto uma bela prenda natalícia. Não vem da Barcilónia, nem da Califórnia, nem sequer da Polónia, mas sim do país de todas as frôs. Kareena Kapoor é a super-estrela da pop indiana e uma das caras mais conhecidas da galáxia bollywoodesca.

Esta mulher, bem como todos os cantores com quem faz duetos, tem uma capacidade dramática tal, que constrói esquemas faciais de lábios e bochecha com as suas expressões, inatingíveis em realismo para uma qualquer actriz ocidental. As super-coreografias de Kareena Kapoor provêm de iluminações divinas sequenciais, que a fazem passar do seu estado "diva estática esvoaçante" para passos relâmpago capazes de desfazer quem dela se puser à frente. Como é que ás vezes eles conseguem dançar assim em pares sem darem uma cabeçada um no outro. É desde pequenina a dançar...

A temática destas músicas é, recorrentemente, o contexto do amor incocente de um casal em hora de noivado ou pós-casório na cultura hindu. O aparecimento do pai da noiva na parte final da música é também popular. O noivado no hinduísmo significa que tudo é possível e encorajado no reino do amor, menos a beijoca e consequente pumba pumba. Kareena Kapoor e seus pares esticam a corda ao máximo no que aos roça-roças diz respeito, mas sem malícia, eze eze. O que faz as delícias dos nossos irmãos indianos, que expressam o seu fascínio por Kareena Kapoor nos títulos dos vídeos que encontrámos dela, tanto no You Tube, como no Stage 6: "Kareena in Bathtub!Yes!", "Kareena Kapoor Hot and Sexy", "Kareena Kapoor hot smoosh on beach", "Beautiful Kareena Kapoor dancing", etc. Uma estrela à escala mundial, disso não há dúvidas.

A qualidade cinematográfica do vídeoclip é indiscutível, o que é por norma o que aontece em todos os desta artista. Por vezes não nos damos conta do outro mundo que existe no Oriente, onde vivem ainda mais pessoas que aqui, e onde a popularidade da Floribella não chegava sequer para ser conhecida fora de um bairro. Lá não há Natal, mas existem estas pérolas de um "star-system" paralelo, uma adaptação das premissas da fama ocidental, de uma forma autêntica, inocente e ainda assim, para nós, folclórica. Suspeitamos é que isto lá é muito a sério, e do mais "in" que existe - um novo mercado para a Luciana Abreu, quem sabe.

Shubh Naya Baras Bom Natal!

1 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Isto não é um clip, é uma parte do filme. Eu já vi este filme porque gosto de Bollywood tenho que confessar, apesar de só ter visto 2, repito 2 filmes na vida, acho um must, do mais kitsche, do mais irreal, mas de mais. Adoro o vento nos cabelos nas cenas românticas e os slow motions nas dramáticas, hehehehehe.
BigSys

8:20 AM  

Post a Comment

<< Home