"

My Photo
Name:
Location: Portugal

01 July, 2007

How ya doin' dawg?


Como bons portugueses, ha-que realcar sempre o que esta mal e nunca o que esta bem, sempre ver as coisas pelo lado engativo. Deve ser uma maneira de depois sobrevalorizar aquilo quee realmente positivo. E uma questao existencial a ser abordada por seres mais pensantes do que nos.

Mais uma vez sem acentos nem ce cedilhado, analisamos entao o que achamos mal nesta passagem americana, como bons portugueses. Como em todos os sitios, ha coisas mas e coisas boas, e verdade, mas quem disse a esta juventude que usar lencos na cabeca, andar a macaco, ter o rabo de fora e chamar aos amigos "cao" e que era bom?

Ao conhecer, pela noite, a caminho de New Jersey, dois negros da nossa idade, ficamos a conhecer melhor o que e nao estrar no topo da sociedade nova-iorquina. Estes dois boyz eram do Bronx e Brooklyn, mas tivemos a oportunidade de partilhar o metro com um deles, de nome Butter (provavelmente assina Butta).

Nesta viagem, Butta teve a oportunidade de discursar para os passageiros da carruagem, que a vida "iss allabout luv and raspekt, and luv and support". Alem de nos ter cravado dois dolares para comprar uma cerveja que era trasnportada por um brotha do sul, que conheceu ao nosso lado.

Na sua visao da vida, ha a realcar duas ideias: "You fuckin' think i'm a let sum bitch cum up to me and fuckin' trick my ass? No damn muthafuckin' way, son. I'm a smack dem bitch up, we cool, as long as she don't disrespect me." Uma ideia sobre a relacao a vida com o sexo oposto, faz lembrar MTV?

A outra ideia era expressa mais ou menos assim: "You like in Europe, you be big dawgs from the place you come from aiight? Like me and ma man right here, we be big dawgs here, and one day you boyz from over there and we from over here gonna rule this world. You gotta be a big dawg, 'now what I'm sayin'? 'Cuz no one else is gonna give you shit, unless you stand up for yourself."

Bem, nunca foi o nosso sonho ser um grande cao. Mas esta e a maneira de expressar a competitividade da sociedade americana, toda a gente tem de ser a maior. Mesmo que nao se seja o maior, tem de se parecer ser o maior, e mesmo que nao se pareca que e o maior, ao menos tem que se dizer ser um big dawg. E assim, nas financas, na sociedade, na vida. Se calhar ate nos faltava um bocado desta estaleca em Portugal, desde que nao se ponham a chamar "cao" uns aos outros.

1 Comments:

Blogger Francisco said...

Por acaso ate tenho amigos que ja usam essa expressao mesmo em português !!!! Chamar Cao ao pessoal e expressoes de espanto como " meu ganda cao !" ja andavam na baila em alguns circulo quando ainda vivia em paragens Lusas.
A minha favorita era "o mais cao deles todos", que parece traduzir um bocado essa ideia americana de ser o maior.
Abracos

6:51 PM  

Post a Comment

<< Home