"

My Photo
Name:
Location: Portugal

25 August, 2006

Administraçao Publica: A lei da Jungle


ATENÇÃO: SELVA VERBAL DIFÍCIL DE DESBRAVAR, PROCEDA POR SUA PRÓPRIA CONTA E RISCO!
A vida de administração pública é complicada. É Savana africana, onde o poder alterna constantemente, e onde a população se dispersa na época das chuvas, tomando uma forma sempre diferente aquando do seu regresso. Uns ficam, outros saem, uns são promovidos, outros não, e até há aqueles que não saem da cepa torta toda a vida, porque não caçaram uma zebrinha para alimentar o macho-alfa em determinada altura, e agora a oportunidade perdeu-se. São as hienas (sim também podem ser personagens do bem de vez em quando). As hienas da administração pública também têm orgulho próprio e hão- de se rir toda a vida daquilo que as rodeia, sem se importarem com politiquices, até morrerem a sorrir. Há hienas que a certa altura sobem na vida, mas isso não quer dizer que não continuem a rir-se das parvoíces daqueles que querem cair nas boas graças de cada leão macho-alfa novo, que chega de 4 em 4 anos.
Parece que os leões destas 2 Primaveras que ainda estão para vir disseram ao reino animal da administração pública que se irá tentar restringir o acesso à Internet e ao correio electrónico, com vista a evitar distracções durante o trabalho. "It's the economy stupid", já dizia o tio Bill Clinton. Mas este, tal como a maioria dos leões da selva americana, não sabemos bem como, conseguem sempre ter outra eficiência, dada a abundância de febra que lá se passeia pelo arvoredo e planícies douradas. E então eis que na Savana Portuguesa da administração pública surgem, como seria de esperar, risos de várias hienas sem medo. Adivinham mesmo como serão a partir de agora feitas as cortes, por alturas da reprodução, pelas novas regras impostas pelo novo Simba. Não sabemos se foi uma delas que escreveu isto que se segue, ou se terá sido alguém de outra espécie animal, mais acima ou abaixo na cadeia alimentar, não sabemos; mas isto é sabedoria de quem vive nesta Savana, cortesia de quem conhece a lei da selva com todos os seus contornos, e já viu passar muitas estações da chuva.
Segue, então, a profética nota:

"Andam umas vozes a questionar a manutenção de correspondência pessoal nos postos de trabalho... Quiçá os administradores de rede andem a enlouquecer com tanto vasculhar nos arquivos privados de cada um. Céus! Apenas nos será permitido trocar imagens bentas do Senhor e pensamentos da IURD? Será que vai haver censura à sátira política? E o CONHECIMENTO? Tudo o que se troca e não vem nos livros nem é gerado directamente no posto de trabalho...
Enquanto tal conjecturo... Ocorre-me construir um dicionário de linguagem cifrada para dialogar com os companheiros de cela. E...quando o funça portuga do futuro quiser fazer rapapés amorosos á colega DE CIMA...poderá enviar email ou fax nestes termos:
" Tendo em vista o acordado no passado dia... junto envio a vossa excelência listagem relativa às medidas - e que medidas- ...a implementar até final do ano de....
Em nosso entender a supracitada questão requer um diagnóstico aprofundado e exaustivo que permita a destrinça do palpável e a previsão do que ainda não se pode considerar como tal.
Para já impõe-se aquilatar da proficiência de utilização dos instrumentos linguísticos de suporte.
Assim sugere-se a marcação de reunião para troca de impressões e reajustamento dos respectivos instrumentos de trabalho.
Com os melhores cumprimentos,
J Salcedo Y Pina"

"Ao que a "fêmea" respondeu:
Gostei particularmente das "medidas... a implementar até final do ano...", da "destrinça do palpável" e do "aquilitar da proficiência de utilização dos instrumentos linguísticos de suporte." A língua é de facto fundamental.
Quanto à reunião, espero que ela se destine a todo o tipo de impressões e não apenas às digitais. Para uma boa produtividade, nada como um reajustamento dos instrumentos de trabalho, utilizados sempre de forma muito direccionada para o objectivo.
Não podemos também esquecer o ROI (return on investment), com som."
-------------------------

"Life is Jungle sometimes, that makes me wonder how I keep from going under" - Grand Master Flash

1 Comments:

Blogger jota said...

de facto, "a vida lá fora é uma selva".
dá-lhe, jaquiNNi!
com tão pouco tempo de vida, este blog já dá cartas como um croupier do casino do mónaco.

4:40 AM  

Post a Comment

<< Home